Hits: 312

Da ociosidade ao incentivo

Por Pastor TJ Johnson (BICF City Church - Pequim)

 

 

A primeira viagem de Paulo à Tessalônica foi recebida com oposição. Na verdade, a palavra oposição é leve demais. As escrituras dizem que "os homens perversos formaram uma multidão, assolaram e atacaram a cidade..." Depois que Paulo deixou Tessalônica e viajou para Beréea, os Tessalonicenses estavam tão destruídos que eles "vieram também, agitando e instigando a multidão." (Atos 17: 5)


Para um cristão a vida em Tessalônica era perigosa. Apesar do perigo, a igreja cresceu. Apesar do perigo, Paulo enviou Timóteo para cuidar da igreja em Tessalônica. Apesar do perigo, ou devo dizer, à LUZ do perigo, Paulo escreve estas palavras:


 

1 Tessalonicenses 5:14-18 (NVI)



 

14 Exortamos vocês, irmãos, a que advirtam os ociosos, confortem os desanimados, auxiliem os fracos, sejam pacientes para com todos. 15 Tenham cuidado para que ninguém retribua o mal com o mal, mas sejam sempre bondosos uns para com os outros e para com todos. 16 Alegrem-se sempre. 17 Orem continuamente. 18 Dêem graças em todas as circunstâncias, pois esta é a vontade de Deus para vocês em Cristo Jesus.

 

 

Poderia ter sido fácil para a igreja se internalizar em Tessalônica. Poderia ter sido fácil para os cristãos passarem despercebidos, silenciosamente, secretamente, fugindo do perigo. Talvez seja exatamente isso que estava acontecendo. Talvez seja por isso que Paulo escreveu: "admoestar os indolentes".


Essas palavras são verdadeiras para nós hoje também. Muitos de nós podemos ter medo de sair. Muitos de nós podemos ter medo nos reunirmos com outras pessoas. Muitos de nós podemos optar por fechar as cortinas e se barricar em casa, na esperança de parar o vírus. E se isso acontecer, certamente existe o perigo de ficarmos indolentes, de nos alimentarmos de forma não saudável. Compulsão em assistir vídeos, obsessão por notícias, ficar desconectado com o corpo de Cristo.

 

No entanto, apesar do teste de esperança por um surto de morte (4:13), os Tessalonicenses foram chamados a abrir as cortinas e deixar a luz entrar. Eles foram chamados a caminhar ANTES dos forasteiros (4:12), para que o evangelho pudesse ser evidente. Eles foram chamados para não serem movidos por aflições (3:3), mas para encorajar um ao outro, ajudar os fracos e, acima de tudo, serem pacientes.


Nós também somos chamados a isso. As pessoas têm medo. Todos os dias os números aumentam. Todos os dias mais pessoas saem da cidade. Todos os dias, mais companhias aéreas estão cancelando suas conexões. Isso cria medo! Lembre-se, os cristãos são chamados a ter fé, não o medo!

Então, quem é que você pode encorajar hoje? Quem você pode fortalecer hoje? A quem você pode fazer o bem hoje?

 

Conforme surgem as necessidades, também surgem oportunidades. Como os Tessalonicenses você também, pode se alegrar (5:16), pois é a vontade de Deus que você esteja aqui nesta cidade, nesse tempo, por esse motivo. Pois, "esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para VOCÊ".

Então, coloque as notícias de lado, feche o seu computador, saia do sofá, troque o pijama e encontre alguém para abençoar.


 

1 Tessalonicenses 5:23-26 (NVI)



23 "Que o próprio Deus da paz os santifique inteiramente. Que todo o espírito, a alma e o corpo de vocês sejam preservados irrepreensíveis na vinda de nosso Senhor Jesus Cristo. 24 Aquele que os chama é fiel, e fará isso. 25 Irmãos, orem por nós. 26 Saúdem todos os irmãos com beijo santo."

 

 

Regozijando em esperança com você,

Pastor TJ

 

 

 

Feedback: Adoraríamos ouvir suas histórias de como você tem passado esse tempo, ou como você foi encorajado pelo 'Novel Encouragement'. Por favor, deixe-nos um recado no: taskforce@bicf.org
Sentindo-se isolado, indefeso, com medo, solitário? Ligue para o HELPLINE 400 8928 012 (9h às 21h). É grátis e confidencial. (Voluntários receberam treinamento básico de aconselhamento telefônico) Disponível em inglês, mandarim, cantonês e tagalog.


 

 

 

Música: Though You Slay Me (Shane and Shane)