Hits: 357

Amando a Família em Ambientes Fechados

Por Candice Blake (Pequim)

 

 

 

Colossenses 3:14-15; 18-21 (NTLH)
  
14 E, acima de tudo, tenham amor, pois o amor une perfeitamente todas as coisas. 15 E que a paz que Cristo dá dirija vocês nas suas decisões, pois foi para essa paz que Deus os chamou a fim de formarem um só corpo. E sejam agradecidos.

 

18 Esposa, obedeça ao seu marido, pois é o que você deve fazer por ser cristã. 19 Marido, ame a sua esposa e não seja grosseiro com ela. 20 Filhos, o dever cristão de vocês é obedecer sempre ao seu pai e à sua mãe porque Deus gosta disso. 21 Pais, não irritem os seus filhos, para que eles não fiquem desanimados.

 

 

Família.

É uma palavra que tem significados diferentes para pessoas diferentes. Para alguns, significa nossas relações de sangue mais próximas com um talento estranho para nos deixar loucos. Para outros, é uma palavra para descrever nossos relacionamentos mais profundos, pessoas por quem iríamos até os confins da terra. Para muitos de nós, nosso conceito de família é uma combinação dos dois.

 

Agora, com o rápido ataque do COVID-19, muitos de nós nos vemos repentinamente confinados em ambientes fechados por períodos prolongados com os referidos familiares, e aumentam os momentos de tensão culminando com perda do temperamento e palavras de raiva. Cônjuge brigando com cônjuge, pais brigando com filhos pequenos, filhos adultos desejando um momento de privacidade e se isolando dos pais... Isso soa como algo familiar no seu momento atual?

 

A situação em si mesma é, no mínimo, frustrante, e ainda estamos tentando nos adaptar. Com a vida em família, não é apenas a nossa resposta à essa virada imprevisível que devemos enfrentar, mas as reações daqueles com quem convivemos. Se não tomarmos cuidado, a atitude deles pode contagiar e pode criar mais frustração, ansiedade e falta de paciência dentro de nós.

 

Mas, como em quase tudo, nossa atitude é amplamente moldada por nossa perspectiva.

Romanos 12:2 nos instrui: "Não vivam como vivem as pessoas deste mundo, mas deixem que Deus os transforme por meio de uma completa mudança da mente de vocês. Assim vocês conhecerão a vontade de Deus, isto é, aquilo que é bom, perfeito e agradável a ele."

E se mudarmos nossa perspectiva e aproveitarmos ao máximo uma situação que nos foi imposta? E se virmos isso como uma oportunidade para um tempo de qualidade, para conhecer e servir melhor nossa família e nossos colegas de quarto? Se realizarmos a tarefa diária de renovação de nossas mentes para reformular a situação e nos vestirmos de amor, procurando o Espírito Santo para nos guiar em nossas interações, Ele será fiel! Fiel para fortalecer relacionamentos frágeis ou tensos. Fiel para fornecer criatividade para inventar novos jogos, canções divertidas, atividades, tradições familiares ou, pelo menos, para fornecer recursos da Internet para idéias infinitas para todas as opções acima! Ao escolher o amor ao invés da irritabilidade pela síndrome de isolamento e se concentrar na gratidão pelo que e quem você tem em sua vida neste momento, em oposição ao que não gosta, Ele será fiel em trabalhar em você e fazê-lo crescer mais em: amor, alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, fidelidade, mansidão e autocontrole. O fruto do espírito em você permanecerá como testemunho vivo, influenciará as interações familiares e influenciará sua família.

 

Mesmo aqueles que se encontram sozinhos nesse momento, com a família no país de origem, podem tirar proveito da tecnologia e manter contato com mais diligência. Ministre à família preocupada no exterior abrandando medos e espalhando a paz. Faça devocionais, estudos bíblicos ou comentários sobre livros por telefone. Não subestime os laços que podem ser construídos através do FaceTime!

Não precisamos ser escravos de nossas circunstâncias. Escolha mudar sua perspectiva e viver em amor pelas pessoas ao seu redor, como Jesus fez. Você tem a promessa de Deus de que Ele transformará esse período de proximidade involuntária em bem, no que poderia ser um momento muito memorável em que sua família se aproxima mais do que você acreditaria ser possível em tal circunstância.

 

Oração de hoje: Senhor, ajude-me a amar minha família como Tu me amaste, para que eu esteja até disposto a morrer por eles se preciso for. Deixe minha família usar esse momento único para que nos aproximemos uns dos outros, que nossa lembrança da quarentena do Coronavírus de 2020 seja do momento no qual nossas relações familiares se tornaram mais fortes do que nunca! E que o mais importante seja que nosso relacionamento familiar seja modelo do amor e da graça de Cristo a um mundo perdido e destruído. Amém
    
Para os pais de crianças pequenas, aqui está um link que oferece inúmeras atividades para você começar a otimizar o tempo com a família e fazer com que a quarentena do Coronavírus funcione para você.

 

https://whatmomslove.com/kids/active-indoor-games-activities-for-kids-to-burn-energy/?utm_medium=social&utm_source=pinterest&utm_campaign=tailwind_tribes&utm_content=tribes&utm_term=547811708_20073560

 

 

 

Feedback: Adoraríamos ouvir suas histórias de como você tem passado esse tempo, ou como você foi encorajado pelo 'Novel Encouragement'. Por favor, deixe-nos um recado no: taskforce@bicf.org
Sentindo-se isolado, indefeso, com medo, solitário? Ligue para o HELPLINE 400 8928 012 (9h às 21h). É grátis e confidencial. (Voluntários receberam treinamento básico de aconselhamento telefônico) Disponível em inglês, mandarim, cantonês e tagalog.


 

 

Música: Build My Life (Housefires)